BEM ESTAR SOCIAL

  

O dia de ontem (21) foi de lazer e muita diversão para alunos do ensino infantil do município. Uma parceria da Prefeitura Municipal de Alhandra possibilitou a distribuição passaportes para o parque de diversões que está instalado na cidade, desde o início das festividades em homenagem à padroeira Nossa Senhora da Assunção.

A gestão do prefeito Renato Mendes organizou a ida e volta ao local com conforto e segurança para os pequenos que estavam acompanhados dos seus pais, além de disponibilizar pessoal para acompanhar os alunos e familiares durante o passeio.

As visitas ao parque foram previamente agendadas com as escolas.

O prefeito Renato Mendes afirma que a parceria entre a Prefeitura e o Parque de Diversão, além de proporcionar momentos de lazer, ofereceu oportunidade de acesso para crianças e jovens que não puderam ir ao parque durante os dias da Festa da Padroeira ou que não tinham condições financeiras para acesso aos brinquedos.

“Este momento foi preparado com muito carinho para as crianças. Entendemos que investir neste público, hoje, é ter a certeza de um adulto melhor amanhã. Desta forma, estamos construindo um novo caminho, mais humanizado e mais inclusivo, para Alhandra”, disse Renato.

Renato finalizou agradecendo toda equipe envolvida na ação e destacou o empenho de todos em oferecer um dia de muitos sorrisos largos aos pequenos alhandrenses.

          

     

A Secretaria de Bem Estar Social do Município de Alhandra, no Litoral Sul da Paraíba, realizou nesta quinta-feira (24/05) um grande evento em homenagem as mães participantes dos programas sociais oferecidos pela Prefeitura.

Realizado na casa de recepções Kairós, o evento contou com uma grande participação das mamães, que ao chegarem no local foram recepcionadas com um farto café da manhã e acolhidas por equipes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), Cras, Creas e SCFV.

A secretária de Bem Estar Social, Fabiana Lins, falou da importância do amor de mãe em um lar e da responsabilidade da genitora na estrutura da família.

“Estamos muito felizes por através da Prefeitura de Alhandra, com todo apoio do prefeito Renato Mendes, podermos oferecer esse momento de lazer, de descontração e de reconhecimento à todas as mães que participam dos nossos programas sociais e que são beneficiadas com os serviços ofertados pelo município”, disse Fabiana.

As mães presentes no evento, grupo da melhor idade se divertiram ao participar de atividades físicas, banho de piscina, sorteio de brindes, além de saborearem uma feijoada.

          

A Secretaria de Bem Estar Social de Alhandra, através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), em parceria com o Conselho Tutelar, Secretarias de Saúde e Educação, realizou na manhã desta sexta-feira (18), uma grande caminhada em alusão ao Dia Nacional do Combate a Exploração e Abuso Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Com o slogan: “Faça Bonito – Proteja nossas crianças e Adolescentes”, a caminhada reuniu alunos, pais, familiares e equipes das secretarias municipais com cartazes e faixas contendo frases de conscientização sobre o abuso sexual.

Para a secretária de Bem Estar, Fabiana Lins, a questão da violência contra crianças e adolescentes é um problema sério e que deve ser combatido diariamente. “É um problema grave e que acontece, muitas vezes, porque as pessoas que deveriam proteger as crianças e adolescentes são as que cometem abuso”, comentou, destacando a importância em se denunciar os casos de violência aos órgãos competentes.

De acordo com a coordenadora do Creas, Joana Darc, as denúncias podem ser feitas através do “disque 100”, na sede do Conselho Tutelar, ou no CREAS, que conta com uma equipe de profissionais formada por psicólogos, assistentes sociais, pedagogas, educadores e monitores multidisciplinares para o apoio e assistência à vítima e familiares.

Em Mata Redonda

Também nesta sexta-feira (18), alunos da Escola Estadual Antônio Camelo, no distrito de Mata Redonda, irão promover uma peça teatral e uma palestra sobre o tema, a partir das 15h, na escola.

 

         

Mantendo a tradição da Semana Santa e com o intuito de garantir que as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social do município possam ter uma Sexta-feira Santa mais digna, a Prefeitura de Alhandra entregou nesta quinta-feira (29) 22 toneladas de peixe corvina.

A logística de distribuição dos alimentos contou com a participação do prefeito Renato Mendes (DEM), Secretária de Bem Estar Social, Fabiana Lins e sua equipe, além da participação das demais secretarias, que passaram toda a madrugada na organização para a entrega do pescado nas primeiras horas da manhã, acompanhando e agilizando todo o processo desde a chegada dos caminhões frigoríficos lotados de peixe. A concentração aconteceu no Ginásio ‘O Wilsão’. As famílias foram cadastradas antecipadamente pelas equipes da Secretaria de Bem Estar Social.

O prefeito Renato Mendes, disse que a distribuição do peixe da Semana Santa é uma tradição que vem sendo mantida desde seu primeiro mandato em 2004, tendo em vista que na gestão do seu antecessor, Branco Mendes que foi prefeito de Alhandra, também era realizada a entrega do peixe e Renato vem mantendo a tradição.

“Não poderia deixar de realizar esta ação muito importante. São famílias que esperam por esta pequena contribuição que faz uma grande diferença na mesa de quem não pode comprar. Não é uma obrigação do poder público doar o peixe, mas é uma necessidade de muitas famílias e a nossa gestão faz questão de contribuir para uma páscoa mais farta. Por isso, fiz questão de acompanhar de perto a chegada, organização e distribuição, pois essa é mais uma tradição das nossas gestões à frente da Prefeitura de Alhandra. Quero parabenizar toda equipe da Secretaria de Bem Estar Social e a todos os envolvidos no cadastramento e distribuição do pescado, trabalhando incansavelmente para os alhandrenses que mais precisam”, disse Renato.

Além do ginásio O Wilsão, a distribuição ocorreu em outros pontos da cidade e no distrito de Mata Redonda.

De acordo com a secretária, Fabiana Lins, que mesmo de luto pelo falecimento do seu pai, não deixou de realizar seu trabalho durante toda madrugada, o objetivo da distribuição é beneficiar as famílias que não tem condições de comprar o tradicional peixe da Sexta-feira Santa, mesmo não sendo obrigação do poder público doar o peixe, mas, em Alhandra é uma tradição que o atual gestor mantém há três mandatos.

A agricultora Ana Lúcia disse ter ficado muito feliz com a qualidade do peixe que recebeu. “É uma bênção, uma ajuda para nós que não tem condições de comprar tudo isso que recebemos hoje. E olha o tamanho desses peixes, são grandes. Dá para fazer dois dias!”, afirmou a trabalhadora rural.

 

   

A Prefeitura de Alhandra na segurança familiar e alertando sobre a violência contra a mulher foi destaque durante ação realizada nestém das parcerias do Conselho Tutelar, policias Militar e Civil.

A Ação teve inicioa quarta-feira (21), no evento que contou com a organização das secretarias de Bem Estar Social, Saúde e Educação, al logo pela manhã na Igreja Assembleia de Deus, no Centro de Alhandra, em seguida foi a vez do distrito de Mata Redonda receber o evento que contou com a palestra da delegada da mulher, Renata de Almeida Matias, na ocasião foram debatidos os diversos tipos de violência sofrida pelas mulheres como: física, psicológica, sexual, patrimonial e moral.

Durante todo o dia foram oferecidos exames rápidos e também aferição de pressão arterial, houve panfletagens com material informativo sobre os serviços existentes e os tipos de violência. Além da delegacia móvel que orientava quem tinha dúvidas sobre como realizar denúncias. A intenção do evento foi informar sobre a Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher e incentivar as mulheres a denunciar.

Participando também do evento, a 1ª Companhia Independente de Policia Militar, representada pela Cabo Gilvanete, Soldado Ellen e Soldado Maria Ferreira, participou da palestra, a ação foi considerada bastante positiva, pois reuniu a sociedade civil organizada e órgãos de segurança, objetivando a padronização de procedimentos por parte dos operadores de segurança e orientações as vítimas de violência doméstica, conforme disposto na Lei nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha).

A Prefeitura informou que além das ações no Cras e Creas, o município dá assistência psicológica e jurídica às vítimas.

“Queremos motivar as pessoas para que conheçam os seus direitos, e o que diz a Lei que combate a violência doméstica e familiar. Só a repressão não resolve o problema. Precisamos estimular entre eles a cultura da não violência em qualquer âmbito, ajudando na formação de cidadãos mais conscientes”, afirmou a secretária de Bem Estar, Fabiana Lins.