SAÚDE

A Prefeitura Municipal de Alhandra, através da Secretaria de Saúde, finalizou nesta quarta-feira (29.11), na sede da Secretaria de Saúde, o calendário em alusão a Campanha “Novembro Azul” que visa combater e prevenir o câncer de próstata e promover a saúde do homem.

A ocasião teve como público alvo a categoria dos motoristas de transportes alternativos do município, tendo sido ofertados aos presentes atendimento médico, teste rápido para a detecção das hepatites, AIDS e sífilis, vacinação, verificação de pressão arterial, teste rápido de glicemia capilar,  odontologia, enfermagem, fonoaudiologia, psicologia, nutrição e educador físico.

O palestrante da noite foi, Doutor José Carlos de Freitas, médico de saúde da família, naturológo,  professor, que atua na assistência com atendimento em urologia, e apresentou a palestra com o tema: “Prevenção ao câncer de próstata”, sendo finalizada com uma roda de conversa entre a categoria de alternativos e o profissional da medicina, que esclareceu  dúvidas relacionadas a saúde dos homens, tendo sido conduzida de forma dinâmica e participativa. Ele ainda alertou sobre a importância dos exames laboratoriais e de imagem para que seja realizado um diagnóstico rápido e preciso.

A secretária de Saúde Albarina Kelly explicou que durante  todo o mês de novembro aconteceram atendimentos e atividades educacionais em todas as Unidades Básicas de Saúde do município, com o objetivo de desmistificar o preconceito que o homem tem de procurar um médico para lhe atender, ações como estas são de suma importância para incentivo à prevenção do câncer de próstata conscientizando todas as pessoas, principalmente os homens, da necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce da doença.

 

 

 Ascom Alhandra

 

A Prefeitura de Alhandra, através da Secretaria de Saúde do Município, vai realizar um mutirão de saúde visual entre os dias 4 e 09 de dezembro. A meta é atender 900 pessoas durante os cinco dias e cerca de 150 diariamente, das 8h às 17h, no PSF de Nova Alhandra.

O trabalho será desenvolvido numa parceria entre a ONG Grupo de Trabalho Solidário e a Secretaria de Saúde de Alhandra. Serão ofertados exames completos com médico oftalmologista acompanhado de uma equipe de profissionais gabaritados com objetivo de atender os alhandrenses com muita qualidade.

A secretária de Saúde de Alhandra, Albarina Kelly, disse que os interessados deverão procurar os PSFs ou o agente comunitário de saúde do seu bairro para ter mais informações sobre o atendimento. Ela ainda falou sobre a importância do mutirão.

“A importância deste mutirão consiste em prover uma melhor qualidade de vida para os pacientes presentes no evento, tanto a nível pessoal como social, visto que a visão constitui um importante meio de comunicação e entrosamento com o mundo. Os problemas visuais acarretam ônus ao desenvolvimento intelectual, profissional e social das pessoas.

 

 

 

Foi encerrada nessa sexta-feira (25), a Semana de Mobilização e Combate ao mosquito Aedes Aegypti no município de Alhandra, no Litoral Sul do estado. As atividades foram coordenadas pela Secretaria de Saúde em parceria com a do Bem Estar e Educação.

Uma ação de conscientização na comunidade Santa Clara em Mata Redonda, com os Agentes de Combate as Endemias, as crianças e adolescentes do centro de convivência e fortalecimento de vínculos da secretaria de bem estar social, marcou o último dia de atividade. Um mutirão de limpeza percorreu ruas da comunidade onde recolheu materiais propícios para a proliferação do mosquito.

Durante as atividades, os envolvidos na mobilização entraram nas casas para dar orientações e aos moradores sobre como combater o mosquito transmissor da dengue, Zika e Chikunguya. Alguns focos foram encontrados nas casas e todos removidos.

A secretária de Saúde de Alhandra, Albarina Kelly, disse que o principal objetivo da campanha foi a conscientização da população de que a Dengue é um problema sério e de todos. Ela enfatizou a importância das pessoas colaborarem deixando os Agentes de Endemias.

“Ninguém combate à Dengue sozinho e, por isso, foi importantíssima a colaboração dos moradores deixando os agentes entrarem em suas casas para fazerem as visitas e ensinarem sobre as prevenções, a cuidarem de seus quintais, a ajudar na limpeza de lotes e terrenos baldios”, enfatizou a secretária.

 

O prefeito de Alhandra, Renato Mendes, abriu nesta quarta-feira (22) a 6ª Conferência Municipal de Saúde que abordou o tema “Saúde começa em Você”. Durante o discurso, o gestor falou sobre as ações e investimentos do seu governo na saúde e pediu a união entre os servidores. Ele ainda anunciou que a frota do Samu será renovada.

O evento foi organizado pela Secretaria de Saúde, que tem a frente a secretária Albarina Kelly, em parceria com outras secretarias. A conferência proporcionou aos participantes uma troca de experiência que será transformadora na prática do pensar em saúde, no conceito mais amplo da palavra. Ou seja, saúde como qualidade de vida. A participação da população, do vice-prefeito Lêdo Salvino, de Gorete Mendes que representou o deputado Branco Mendes, da presidente do Conselho Municipal de Saúde, Jailma Leonardo, além da participação de vereadores, coordenadores e secretários, tornou a conferência democrática e significativa.

O prefeito parabenizou a realização da conferência e destacou o empenho de sua gestão para manter uma saúde de qualidade e voltada para o bom atendimento.

“Eu peço a todos vocês servidores e os novos concursados, que estão chegando agora, a união. Vamos dar as mãos e pensar apenas em políticas públicas para a Saúde e não na política partidária. Alhandra tem uma estrutura boa e um povo que precisa ser bem tratado. Então, vamos unir forças para prestar um bom atendimento aos nossos alhandrenses que são humildes e trabalhadores”, disse o prefeito.

Ainda durante o discurso, Renato Mendes frisou que apesar das dificuldades financeiras que o país e os municípios passam, ele não estar deixando de honrar os compromissos com o pagamento dos servidores em dia e investimentos em vários setores.

“Trago aqui o nosso compromisso com a saúde. É normal que o pais enfrenta dificuldades e Alhandra não seria diferente. Para se ter uma ideia, boa tarde da saúde é bancada pelo próprio recurso, a exemplo do hospital. Tenho buscado parceria a exemplo do governo do Estado para que possamos melhorar o atendimento do hospital. Uma policlínica, além do CEO, que funciona hoje com 13 especialidades tudo isso bancado com dinheiro próprio. O governo federal cria os programas sociais e joga a responsabilidade para os municípios. Hoje eu trago o meu compromisso e faço mais uma vez o apelo: vamos dar as mãos porque tratar bem é obrigação nossa”, falou Renato Mendes.

O prefeito destacou que a frota do Samu será renovada, que ao assumir a administração em janeiro deste ano, estava deteriorada, e ainda reforçou o compromisso ao manter os oitos PSFs funcionando na cidade e zona rural.  “Vamos manter o âncora de vieira, de sobradinho, de mata de garaju e vamos manter o acai sem fechar subauma e estamos procurando melhorar a estrutura do hospital. Mesmo com dificuldades, estamos mantendo a policlínica e precisamos apenas ter mais a questão de união. Estamos aqui para melhorar o nosso município para que juntos possamos ampliar a saúde, com a melhoria da receita em 2018”, destacou o gestor.

Para a secretaria de saúde de Alhandra, Albarina Kelly, a Conferências de Saúde teve como objetivo analisar a situação de saúde e estabelecer diretrizes, ou seja, indicar caminhos para atingir desejos e necessidades expressas pela população. Ela disse ainda que para isso é necessário o debate entre diferentes grupos de interesse e a construção de pactuações no estabelecimento de prioridades.

“Realmente, a conferência acontece como deve ser, com debates, propostas e diretrizes para um melhor funcionamento da saúde pública no município. Foi muito proveitoso e pertinente  o encontro que  se tornou um momento de reflexão para os nossos deveres enquanto governantes. Temos hospital, policlínica, Samu e PSFs e o evento visa propiciar a ampla participação da população na discussão das necessidades de saúde e na elaboração de propostas para prestarmos um serviço ainda mais de qualidade”, lembrou a secretária.

Ao falar sobre a conferência, o presidente da Câmara Municipal de Alhandra, o vereador Valfredo José, destacou a importância do encontro afirmando que serve para diagnosticar as dificuldades e problemas inerentes à saúde.

“Este é o local de nós, através dos profissionais que fazem a saúde todos os dias, discutir os problemas e tentar resolvê-los. Com todas as dificuldades Alhandra tem tido uma atenção especial para com a saúde e as coisas têm acontecido. Não tenho dúvida que com o total apoio que o prefeito está dando iremos tentar uma solução para os casos detectados”, falou o vereador.

 

 

 

Ascom Alhandra

 

A Policlínica Municipal de Alhandra, Joaquina Francisca do Nascimento, coordenada por Cleópatra Angélica, realizou nesta segunda-feira (20) palestras educativas dentro da programação do Novembro Azul, que é dedicado aos homens na prevenção ao câncer de próstata. As atividades fazem parte da programação do calendário oficial da Secretaria de Saúde do Município.

O evento foi ministrado pelo urologista Thiago Silva, que falou sobre o câncer de próstata e os meios de prevenção da doença. Os participantes ainda assistiram palestras da psicóloga Eronyce Rayca, nutricionista Marcilio e cirurgiões dentista Mariana Figueiredo e Regina Lucena. A coordenação do evento foi de Cleópatra Angélica e equipe.

Os vereadores Moises Marinho e Claudio Januário também participaram das palestras. Após as atividades, os profissionais realizaram 65 atendimentos.

“Nossa gestão tem um olhar especial para a Saúde. Estamos investindo na melhoria da saúde no nosso município e eu não poderia deixar de dar total apoio às atividades do Novembro Azul porque sabemos da importância de alertar os homens sobre o câncer de próstata. Ainda há um tabu muito grande com relação ao exame, mas estamos concentrando esforço para levar ao homem informações sobre a prevenção e cuidados com a saúde” disse o prefeito Renato Mendes.

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), o principal motivo da mortalidade com a doença é por conta do preconceito dos homens em fazer o exame do toque retal, fundamental para descobrir a doença. Como esse exame deixa de ser realizado na maioria das vezes, cerca de 20% dos casos é diagnosticado em estágios avançados da doença, o que torna o tratamento mais complicado e aumenta o risco de morte.
O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos.

Homens a partir dos 50 anos devem procurar um posto de saúde para realizar exames de rotina. Os sintomas mais comuns do tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição da força do jato da urina, dentre outros. Quem tem histórico familiar da doença deve avisar o médico, que indicará os exames necessários.