SAÚDE

 

 

Tendo como tema “Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS”, aconteceu nesta quarta-feira (3), a 7ª Conferência Municipal de Saúde em Alhandra, no Litoral Sul da Paraíba. O evento foi realizado na escola Zélia Correio do Ó, foi destinado aos profissionais da área de saúde e à população interessada.

A Conferência teve uma palestra sobre o tema do evento, com a mestra em saúde pública, Fabiana Leite. Também foi um espaço para o debate e aprovação de propostas, além da aprovação do regulamento da conferência e escolha dos delegados que irão representar o município na plenária estadual.

Os grupos de trabalho debateram temas como: Saúde como Direito, Consolidação dos Princípios do SUS, Financiamento Adequado e Suficiente para o SUS, a partir daí, foram aprovadas as propostas para serem apresentadas na conferência estadual .

De acordo com a secretária de Saúde,  Albarina Kelly, a participação  da população, dos representantes da sociedade civil e da gestão municipal foi de grande importância para o sucesso de um evento deste porte, ela agradeceu  a toda  equipe de organização, aos conselheiros municipais e aos moradores que estiveram presentes.

Na próxima quarta-feira (03), na escola Zélia Correia do Ó, das 8h às 16h, acontece a 7ª Conferência Municipal de Saúde. Este ano o tema é Democracia e Saúde - A saúde como direito, consolidação e financiamento do SUS.

A conferência é um espaço para ampliar os conhecimentos sobre as políticas municipais, estaduais e nacionais de saúde e, também, para que a população possa discutir e reivindicar propostas para o município.

O evento contará com a participação de todos os coordenadores, diretores e servidores da Secretaria de Saúde, e também dos usuários da rede pública de saúde, entidades religiosas, sindicatos, demais profissionais da saúde e público em geral.

A secretária de Saúde, Albarina Kelly, explica que a participação da população na conferência é fundamental, pois é um momento de debate sobre o tema. “É importante que a população participe para entender o funcionamento da saúde. Este também é um espaço aberto para reivindicações e sugestões de melhorias nas políticas de saúde pública”, explica.

Profissionais estavam sem prestar atendimento médico desde 19 de janeiro após vereador ameaçar médica 

 

A partir da zero hora desta sexta-feira (15), as unidades básicas de saúde da família (UBSF) Oiteiro 1 e 2, no município de Alhandra, a 45 km de João Pessoa, voltarão a funcionar normalmente. As unidades estavam sem prestar atendimento médico à população, desde o dia 19 de janeiro, após interdição ética do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), por ter constatado em inspeção feita no local, falta de segurança, intimidação e agressão verbal aos profissionais. No dia 17 de janeiro, a médica que prestava atendimento na unidade foi agredida verbalmente pelo vereador Clóvis Constantino, conhecido como 'Cocó, enquanto consultava uma adolescente de 14 anos.

Após a interdição, o CRM-PB solicitou que fosse providenciada segurança policial nos postos de saúde e que houvesse uma retratação da Câmara de Vereadores. Na manhã desta quinta-feira (14), a secretária de Saúde de Alhandra, Alba Kelly, esteve na sede do CRM-PB em João Pessoa para entregar ao presidente do Conselho a documentação necessária para a desinterdição dos postos de saúde que atendem, diariamente, cerca de 40 pessoas.

Além da retratação pública do presidente da Câmara de Vereadores de Alhandra, João Ferreira Filho, a Secretária de Saúde entregou ao presidente do CRM-PB a escala dos médicos que trabalham nos postos de saúde e garantiu que haverá guarda municipal no local continuamente.

O presidente do CRM-PB, Roberto Magliano, agradeceu o empenho da secretária em resolver o impasse e explicou que o Conselho é um órgão que vem contribuindo para o melhoramento do atendimento médico nas unidades de saúde do Estado. “Não estamos aqui apenas para fiscalizar e punir. Queremos ajudar os municípios a terem cuidado com a saúde da população e que ofereçam boas condições de trabalho aos médicos”, disse o presidente após assinar o auto de desinterdição ética.

Retratação da Câmara Municipal que reconheceu o erro e pediu desculpas 

Autorização do CRM para que os médicos voltem a trabalhar nas unidades de saúde

 

    

Em alusão ao Novembro Azul, movimento com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina, em especial o câncer de próstata, a Secretaria Municipal de Saúde de Alhandra promoveu um evento destinado aos homens alhandrenses.

Realizado nesta quarta-feira (05) o evento também foi planejado com o objetivo de aproximar os homens dos serviços de saúde ofertados nas Unidades Básicas de Saúde do município.

A secretária de Saúde Albarina Kelly considerou que o evento foi muito produtivo e destacou que é importante que os homens deem atenção à sua saúde, principalmente aqueles homens que trabalham o dia todo, que tem um dia muito corrido e automaticamente criam um ‘tabu’ de procurar os PSFs . “O foco é estimular a realização e o cuidado preventivo da saúde, pois alguns homens tipicamente só procuram o serviço de saúde quando são acometidos por alguma doença. Precisamos fazer com que o homem desenvolva essa questão de cuidar da saúde. É de extrema importância a participação deles nas atividades para receber informações sobre prevenção”, disse.

No evento, houve vários momentos dinâmicos com sorteio de brindes e coffee break. Para abrilhantar ainda mais as atividades, teve uma palestra do médico geriatra, pediatra, urologista, naturólogo e Capitão do Exército Brasileiro, Dr. José Carlos de Freitas, onde os homens presentes se mostraram muito envolvidos e tiraram muitas dúvidas.

Na oportunidade, Doutor Freitas orientou as categorias sobre a promoção e prevenção dos agravos mais comuns. Ainda foram realizados exames, vacinas e entregas de kits de escovação.

“Agradeço o empenho e dedicação dos profissionais da SMS. Minha Gratidão ao Prefeito Renato Mendes, por sempre apoiar as ações desenvolvidas pela Secretaria de Saúde, que Deus continue lhe abençoando para que Alhandra tenha sempre ações voltadas para cuidar de quem mais precisa. Concluo agradecendo a Deus por mais um evento que nos permitiu proporcionar meios de prevenção e informação às categorias, como Guardas Municipais, motoristas de transporte alternativos e agentes de limpeza urbana”, finalizou a secretária.

                             

 

      

Com o intuito de disseminar conhecimentos e discutir sobre projetos para práticas eficientes de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chinkungunya, a Prefeitura Municipal de Alhandra, através da Secretaria Municipal de Saúde promoveu nesta quinta-feira, 29 de novembro, no Centro Social Gilberto Valério, o 1°Seminário Municipal de Enfrentamento   ao Aedes Aegypti. Mais um evento da semana Nacional de combate ao Aedes que iniciou dia 26.

Com a chegada do verão as entidades sanitárias ficam em alerta, pois a cada ano, milhares de brasileiros são vítimas das doenças transmitidas pela picada da fêmea do mosquito.

“Os riscos à saúde e as ações de combate ao mosquito são temas conhecidos, mas necessita de uma discussão mais enfática a respeito dos prejuízos que o mosquito traz para o cenário sanitário de todo o País, e não apenas à cidade de Alhandra”, pontou a
secretária de saúde, Albarina Kelly.

O Seminário teve por objetivo reunir profissionais de saúde, educadores e alunos do município de Alhandra no intuito de promover uma discussão ativa das fases da evolução do mosquito, doenças que transmitem, dados epidemiológicos e formas de combate ao mosquito na cidade.

Cerca de 60 participantes marcaram presença no evento, dentre eles: os agentes de combate às endemias e comunitários de saúde, alunos das escolas públicas de Alhandra e profissionais de saúde, da educação e da Secretaria de Ação Social, que serão multiplicadores na luta para exterminar o mosquito.

Na ocasião, foram entregues três tablets aos alunos das escolas Zelia Correia do Ó e Alfredo José de Carvalho que ganharam a prova de redação na última gincana de combate ao Aedes promovida pela secretaria de saúde.

Estamos todos contra o Mosquito. Essa luta também é sua. Faça sua parte.