SAÚDE

        

Dando continuidade à política de descentralização e promoção da saúde nas comunidades, localidades e zona rural, a Prefeitura de Alhandra, através da Secretaria de Saúde, realizou na quarta-feira (16) mais um evento ‘Saúde em Ação’.

Os moradores do loteamento Bela Vista receberam profissionais de saúde para consultas, acompanhamentos, interações medicamentosas e dicas de vida saudável. A ação foi organizado pela unidade de saúde PSF CENTRO 2 e contou com todo apoio da Secretaria de Saúde Municipal.

De acordo com a secretaria Albarina Kelly, a população foi orientada sobre a promoção e prevenção dos agravos mais comuns em relação a saúde, tais como: diabetes, hipertensão, cárie, doença periodontal, entre outros. Também foram realizados exames, vacinas e entregas de kits de escovação.

“Contudo o mais importante foi o estímulo para que a comunidade tenha o cuidado de promover sua saúde com as orientações e informações repassadas pelos profissionais.  A saúde começa em nós”, pontou a secretária.

 

O município de Alhandra concluiu com sucesso o Dia D de vacinação contra gripe, realizado através da Secretaria Municipal de Saúde. A campanha contra a influenza teve início nacionalmente no dia 23 de março, e o dia D aconteceu neste sábado, 12 de maio, onde foram traçadas várias estratégias para alcançar o público alvo a ser vacinado, dentre elas, equipes se dirigindo até as residências para aplicar vacinas.

Foi disponibilizado pelo Ministério da Saúde 60% das doses para população de Alhandra que totalizam 2.215 doses aplicadas nos grupos prioritários determinados pelo Ministério. A meta a ser alcançada é de 90% da população dos grupos de riscos que totalizam o número de 3.419 doses.

A campanha de Influenza continua até o dia 01 de junho de 2018.

Na zona rural do município foram realizados 957 doses e na zona urbana 1450 doses.

A Secretária de Saúde, Albarina Kelly orienta a população sobre a extrema importância de todos os grupos descritos pelo Ministério da Saúde se vacinarem, e caso encontrem qualquer dificuldade ou problema, comunique-se com seu agente de saúde.

“Na oportunidade, deixo meus agradecimentos as 8 unidades de saúde do município por incentivar as pessoas e mostrar a importância da campanha, além disso, meus agradecimentos no empenho que já alcançou 60% da meta determinada, com destaque para os profissionais que foram até as residências para realizar a vacinação, saindo em busca ativa nas comunidades e esse é um dos motivos de estarmos à frente dos demais municípios da primeira região. Sem o esforço de vocês nada disso seria possível”, disse a secretária.

Os grupos de risco (ou prioritários) são:

•Idosos a partir de 60 anos

•Crianças de 6 meses a menores de 5 anos

•Trabalhadores da saúde

•Professores das redes pública e privada

•Povos indígenas

•Gestantes

•Puérperas (até 45 dias após o parto)

•Pessoas com doenças crônicas (asma, diabetes…) ou com imunossupressão

Apesar de não ser uma doença letal na maioria dos casos, os grupos prioritários são mais suscetíveis a complicações. Caso sejam infectados, o vírus pode abrir espaço para condições sérias, como uma pneumonia, e até mesmo matar.

 

A Secretaria de Saúde de Alhandra iniciou desde o dia 23 de abril a Campanha de Vacinação da Gripe 2018. A vacina protege contra os subtipos H1N1 e H3N2 da Influenza A e contra a Influenza tipo B, e a campanha segue até o dia 01 de junho.

Os grupos prioritários definidos para a Campanha Vacinação contra a gripe são: indivíduos com 60 anos ou mais de idade; crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias); as gestantes e as puérperas (até 45 dias após o parto); os trabalhadores de saúde; os povos indígenas; os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; a população privada de liberdade; os funcionários do sistema prisional e os professores das escolas públicas e privadas.

De acordo com a secretaria de Saúde, Albarina Kelly, a meta é vacinar mais de 90% de cada um dos grupos prioritários. Ela ressalta ainda a importância da vacinação. “Nossa meta é vacinar mais de 90% de cada grupo prioritário e pedimos a conscientização da sociedade porque realmente a vacinação é muito importante para prevenirmos a doença e reduzirmos as complicações, adoecimento, internações, e as mortalidades decorrentes da gripe, principalmente, nos idosos”, destacou a secretária.

Para receber a vacina, será necessário levar o Cartão de Vacinação e Cartão SUS, e os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinicas especiais, precisarão levar também uma prescrição médica, especificando o motivo da indicação da vacina.

As crianças vacinadas pela primeira vez contra a influenza precisam retornar em 30 dias para uma dose de reforço. É necessário que os pais levem o cartão de vacinação.

 

A Prefeitura Municipal de Alhandra, através da Secretaria de Saúde do Município, comunica que a partir de agora os medicamentos de farmácia básica e psicotrópicos  de todas as Unidades Básicas de Saúde e CAPS serão distribuídos na Central de Abastecimento Farmacêutico ( CAF).

A secretária de Saúde, Albarina Kelly, disse que a mudança na distribuição do local de medicamentos é atendendo a uma determinação da Lei nº13.021 de 08 de agosto de 2014, que dispõe sobre o exercício e a fiscalização das atividades farmacêuticas.

“Diante do cumprimento da lei federal mudamos o local de distribuição. A CAF funciona no Centro de Alhandra ao lado da Agência dos Correios. O Centro  funciona de segunda a sexta  das 8h ao meio dia  e das 13h as 17h”, explicou a secretaria.

Albarina Kelly disse que a implantação da CAF é parte de uma política de saúde focada na prestação integral de assistência farmacêutica inteiramente pensada no paciente.  A secretaria explicou que a Central aumenta a garantia de recebimento dos remédios certos, em temperatura ideal, reduzindo os riscos envolvidos na delicada operação de fornecimento.

 

    

Com uma média de 300 atendimentos por mês, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) do município de Alhandra é mais um serviço oferecido pela Prefeitura que se destaca na implementação de políticas públicas no setor de saúde bucal.

No local, são oferecidas as especialidades de bucomaxilo, endodontia, periodontia, atendimento a paciente com necessidade especial, prótese, urgência e emergência, além de odontopediatria.

A diretora do CEO, Luciana Marsicano, explica como é o atendimento na unidade. "O funcionamento é das 08h às 16h. A primeira consulta é feita na unidade de saúde, então o paciente é encaminhado para o Centro de especialidade, os retorno são agendadas no CEO, onde garantimos a finalização do tratamento do paciente. Nossa maior gratificação é ter o reconhecimento da população que sempre elogia os serviços de qualidade que são oferecidos por nossa equipe", destaca a diretora.

Além dos mais de trezentos atendimentos que são oferecidos por mês, a população recebe gratuitamente 50 próteses dentárias mensalmente. “A prefeitura de Alhandra, através do CEO está fazendo a população de Alhandra voltar a sorrir”, disse Luciana Marsicano.

Os Centros de Especialidades Odontológicas fazem parte do Programa Brasil Sorridente que leva atendimento dentário gratuito a cerca de 80 milhões de brasileiros usuários do SUS. Atualmente, existem mais de mil CEOs em todo o país.