A gestão municipal de Alhandra recebeu com surpresa a operação policial ocorrida na quarta-feira (11) que teve como finalidade investigar uma denúncia feita pelos vereadores de oposição de supostas irregularidades na licitação destinada à reforma de carteiras e mobiliários escolares do município.

Vale salientar que a Prefeitura auxiliou e forneceu os documentos solicitados pelas autoridades policiais e, inclusive, disponibilizou o procurador-geral do município, Tiago Sobral Filho, e o secretário de educação, Daniel Miguel, para prestar esclarecimentos. 

A gestão do prefeito Renato Mendes reafirma o seu compromisso com o dinheiro público e está firme na lisura do processo licitatório da escolha da empresa para a reforma das carteiras das 21 escolas e três creches de Alhandra.

A Procuradoria do Município já está tomando todas as providências e reafirma que nos documentos entregues à polícia, tudo será esclarecido e ficará comprovada a licitude da gestão municipal. Uma sindicância interna foi iniciada para uma apuração paralela da denúncia.