GABINETE DO PREFEITO

SECRETÁRIO CHEFE DE GABINETE:

FOTO IAGGO

Iaggo Brunno Rodrigues Pinheiro

Endereço eletrônico: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Como nos localizar: Rua Presidente João, 66 - Centro - CEP: 58320-000, Alhandra-PB.

Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 8h as 12h, exceto em feriados nacional, estaduais e municipais.

Competências do Gabinete do Prefeito (Lei Municipal Nº 568/2017): 

I -prestar auxílio burocrático ao Prefeito;

II -pesquisar e encaminhar elementos necessários às informações solicitadas ao Executivo;

III -coletar dados e informações para a tomada de decisões do Prefeito;

IV -preparar e encaminhar o expediente do Gabinete;

V -assistir ao Prefeito em suas relações com os Munícipes, entidades de classe e com os órgãos da Administração Municipal;

VI –organizar as audiências do Prefeito, selecionando os pedidos e compilar subsídios para a compreensão do histórico dos assuntos de maneira a permitir-lhe a análise e decisão final.

 

 

 

 

Diante ao avanço da pandemia do novo coronavírus, o prefeito da cidade de Alhandra, Renato Mendes, decretou nesta terça-feira (07) a suspensão da tradicional festa de emancipação político-administrativa em alusão aos 61 anos do município, anualmente comemorada no dia 24 dias de abril.

A iniciativa visa impedir uma possível disseminação do covid-19, bem como poupar recursos para investir no enfrentamento da doença.

A Prefeitura reitera as diretrizes de enfrentamento ao novo coronavírus já fixadas pelo Governo da Paraíba, pelo Governo Federal e pela Organização Mundial da Saúde, em especial no que diz respeito à manutenção do isolamento social, à continuidade dos serviços essenciais e à suspensão das atividades comerciais não essenciais.

“Estamos atendendo as recomendações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado da Paraíba. Inúmeras ações estão e continuarão sendo tomadas, dentre as quais, o adiamento da nossa festa de emancipação política. É um momento de compreensão e preservação do nosso bem maior, que é a saúde, cumprindo as orientações dos órgãos competentes”, disse o prefeito.

A gestão ainda informa que uma nova data de realização do evento será anunciada tão logo estejamos seguros de não haver risco eminente para moradores e visitantes.

 

Clique Aqui e veja o decreto

 

O prefeito de Alhandra, Renato Mendes, determinou através de um novo decreto, o fechamento de diversos estabelecimentos comerciais para evitar aglomerações durante a pandemia de coronavírus.

De acordo com o prefeito, a medida emergencial visa barrar o avanço da epidemia de Covid-19. A partir deste sábado (21), todas as atividades que tenham potencial de aglomeração de pessoas estarão suspensas em Alhandra, a exemplo de restaurantes, lanchonetes, bares, academias, clubes de lazer, casas de festas e assemelhados.

A medida não se aplica a farmácias, supermercados, padarias e postos de combustíveis. Porém, estes estabelecimentos devem manter o ambiente ventilado; disponibilizar álcool gel na entrada; fixar cartazes indicando as medidas de prevenção e higienizar constantemente superfícies sujeitas ao toque.

“Peço a colaboração todos para que fiquem em casa, principalmente os nossos idosos. A participação efetiva da comunidade é determinante para que a cidade não enfrente uma situação de epidemia. O município está atuando em parceria com os governos estadual e federal, bem como com a secretaria municipal de saúde, tomando medidas necessárias para combater o coronavírus. Meus agradecimentos aos alhandrenses que estão fazendo sua parte nesse momento crítico, enfrentado por todas as nações ao redor do planeta, com fé em Deus e a compreensão de todos, venceremos essa batalha”, disse Renato Mendes.

O decreto também prorrogou por 15 (quinze) dias, a vigência dos benefícios de auxílio doença já concedidos até esta data.

A determinação não conta com um aviso prévio de retorno e deve valer até que a situação de emergência, decretada no último dia 17, perdure.

CLIQUE AQUI E VEJA O DECRETO

 

O prefeito de Alhandra, Renato Mendes, decretou nesta quarta-feira (18) a situação de emergência no município em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A publicação estará inserida no Diário Oficial dos Municípios desta quinta-feira (19). 

Nesta quarta-feira (18) a Paraíba registrou o primeiro caso confirmado de coronavírus, em João Pessoa, além disso, uma mulher de 39 anos morreu com suspeita de Covid-19 na Capital paraibana. 

“Tomamos uma série de medidas preventivas como forma de barrar o coronavírus na nossa cidade. Espero que todos entendam as nossas decisões porque estamos pensando no bem estar de todos. A prefeitura dará todas as instruções sobre como combater a doença, através das equipes de saúde que já estão realizando orientações ao grande público”, disse o prefeito Renato Mendes. 

No texto, o prefeito determinou a suspensão das aulas nas escolas da rede municipal e creches até o dia ‪1º de abril. Um comitê de enfretamento ao Covid-19 foi instalado para acompanhar, investigar e realizar atividades de enfrentamento ao coronavírus. 

Está suspenso o atendimento presencial ao público externo nas repartições públicas municipais por 15 dias e os atendimentos aos idosos. Os servidores públicos vão fazer o atendimento por telefone e os que têm mais de 60 anos poderão trabalhar de casa. Estão proibidas férias e viagens. 

Ficam suspensos os eventos esportivos e culturais promovidos pela Prefeitura Municipal de Alhandra, pelo prazo de quinze dias, para evitar aglomeração de pessoas. 

Pelo decreto, a prefeitura pode requisitar bens e serviços de pessoas naturais e jurídicas, com pagamento posterior de indenização justa e poderá adquirir bens e serviços destinados ao enfrentamento da emergência sem a necessidade de licitação. 

A Prefeitura considerou também o Decreto Estadual 40.122 de 13 de março de 2020 que declara Situação de Emergência no Estado da Paraíba ante ao contexto de decretação de Emergência em Saúde Pública de Interesse Nacional pelo Ministério da Saúde e a declaração da condição de pandemia de infecção humana pelo Coronavírus definida pela Organização Mundial de Saúde. 

Confira o decreto na íntegra: DECRETO Nº 011/2020, DE 17 DE MARÇO DE 2020.

 

A gestão municipal de Alhandra recebeu com surpresa a operação policial ocorrida na quarta-feira (11) que teve como finalidade investigar uma denúncia feita pelos vereadores de oposição de supostas irregularidades na licitação destinada à reforma de carteiras e mobiliários escolares do município.

Vale salientar que a Prefeitura auxiliou e forneceu os documentos solicitados pelas autoridades policiais e, inclusive, disponibilizou o procurador-geral do município, Tiago Sobral Filho, e o secretário de educação, Daniel Miguel, para prestar esclarecimentos. 

A gestão do prefeito Renato Mendes reafirma o seu compromisso com o dinheiro público e está firme na lisura do processo licitatório da escolha da empresa para a reforma das carteiras das 21 escolas e três creches de Alhandra.

A Procuradoria do Município já está tomando todas as providências e reafirma que nos documentos entregues à polícia, tudo será esclarecido e ficará comprovada a licitude da gestão municipal. Uma sindicância interna foi iniciada para uma apuração paralela da denúncia.

O trabalho da Prefeitura de Alhandra para melhorar e ampliar o abastecimento de água em toda cidade tem sido constante, com a realização de manutenção nas redes, ampliação do serviço e perfuração de novos poços, melhorando a oferta da água nas residências e principalmente na Zona Rural.

Neste sábado (07) o prefeito Renato Mendes esteve no sítio Riacho para entregar à comunidade Sarrafo uma nova estrutura do seu reservatório. “Mais um compromisso honrado! É gratificante poder ter a oportunidade de melhorar a qualidade de vida das pessoas com investimentos importantes como este que era uma necessidade da comunidade. Grato ao seu Né, familiares e amigos pelo acolhimento em sua residência ”, disse o prefeito.

 A iniciativa da Prefeitura de Alhandra foi bastante reconhecida pelos moradores que atestam a resolução do problema de abastecimento.

A ação teve o objetivo de recuperar e ampliar a adutora, aumentando o número de famílias beneficiadas com água nas torneiras.

Estiveram presentes moradores da comunidade, amigos, servidores municipais e secretários da gestão.