O processo unificado para a seleção de membros do Conselho Tutelar, promovido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Alhandra (CMDCA), em parceria com a Prefeitura Municipal e Secretaria de Bem Estar Social, abre inscrições no próximo dia 06 de maio e segue até 31 deste mês.

Para efetuar a inscrição é necessário ter mais de 21 anos de idade; residir em Alhandra no mínimo há dois anos; ter Ensino fundamental Completo; ter experiência de no mínimo dois anos de trabalho direto com criança e adolescente, entre outros.

As inscrições devem ser realizadas na sede da Secretaria Municipal de Ação Social Cidadania e Habitação (SEMAS), das 08h às 12h, de segunda a quinta-feira, com endereço na Avenida:  Elias Uchoa, Centro, Alhandra.

O processo seletivo e a eleição são de responsabilidade do CMDCA municipal, sob a fiscalização do Ministério Público.

Os membros do Conselho Tutelar local serão escolhidos mediante o sufrágio universal, direto, secreto e facultativo dos eleitores do município de Alhandra, em data de 06 de outubro de 2019, sendo que a posse dos eleitos e seus respectivos suplentes ocorrerá em data de 10 de janeiro de 2020;

Serão cinco membros titulares e seus respectivos suplentes para compor as vagas para o quadriênio 2020/2023

A remuneração mensal para os conselheiros é de: R$: 1.100,00 (Hum mil e cem reais); com base no Plano de Cargos, Salários e Vencimentos dos servidores municipais.

O presidente do CMDCA, Jander Rocha, reforça aos interessados que pretendem se candidatar ao cargo, que precisam estar cientes do compromisso e responsabilidade que a função exige. “Demanda dedicação 24 horas. Ser conselheiro é ser articulador e fiscalizador do cumprimento da política de atendimento à criança e adolescente”, disse.

No ato da inscrição, os interessados deverão apresentar requerimento preenchido, juntamente com duas cópias originais de documentos obrigatórios.

A candidatura será avaliada por uma comissão composta por conselheiros do CMDCA e representantes do Poder Público e da sociedade. A relação nominal das inscrições deferidas será publicada no Diário Oficial do Município.

Conforme orientação do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), a votação a partir deste ano de 2019 para escolha do conselheiro tutelar será de forma individual (em apenas um candidato), e não mais como nas eleições passadas onde cada eleitor poderia votar em cinco candidatos de uma vez.

É necessário que o candidato leia o edital completo, onde constam todas as informações e o requerimento  de inscrições preenchidos CLICANDO AQUI ou na sede do CMDCA.