O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realizou nesta terça-feira (12), uma palestra sobre violência sexual para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

O objetivo da palestra foi capacitar os ACS para identificar os sinais da violência sexual praticada contra criança, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, mulheres e público LGBT, problema que apresenta causas múltiplas e complexas e está relacionado com questões sociais, econômicas e culturais.

O agente é um personagem fundamental, pois é quem está mais próximo dos problemas que afetam a comunidade, é alguém que se destaca pela capacidade de se comunicar com as pessoas e pela liderança natural que exerce. Seu trabalho tem como principal objetivo contribuir para a qualidade de vida das pessoas e da comunidade.

A palestra sob a coordenação da Secretaria de Bem Estar Social, teve a colaboração da Secretaria de Saúde e também informou e orientou sobre os serviços oferecidos pelo Creas, Bolsa Família, Conselho Tutelar e sobre o novo Programa do Governo Municipal, o Renda a Mais, que irá beneficiar mais de mil famílias alhandrenses.

De acordo com a coordenadora do Creas, a psicóloga Joana Darc, no ambiente familiar a violência é mais difícil de ser detectada e consequentemente combatida. “Os agentes comunitários de saúde vivem o dia a dia da população, estão em contato direto com o povo, por isso, irão nos ajudar a romper com pacto do silêncio que encobre os sinais de violência e de uma questão crucial que é a denúncia. A notificação permite a elucidação desse crime e a responsabilização com a finalidade de atender a demanda de atualização cadastral dos beneficiários do benefício de prestação continuada (PCP), bem como fortalecer o trabalho em rede com as demais políticas sociais”, disse Joana.

A coordenadora do Bolsa Família, Rute Neri, também participou da reunião e destacou a condicionalidades da manutenção do beneficio federal , e esclareceu todas as dúvidas sobre o programa Renda a Mais que será implantado na ainda este ano, na gestão do prefeito Renato Mendes.

Também presente na reunião esteve a secretária de saúde, Albarina Kelly e a também psicóloga Pérola Cabral.

 

 

 

Ascom PMA