BEM ESTAR SOCIAL

             

A Prefeitura de Alhandra iniciou nesta segunda-feira (07) as inscrições para o maior programa municipal de transferência de renda da Paraíba, o “Mais Renda”. O prefeito Renato Mendes acompanhou todo o processo de inscrição totalmente informatizado, com dados e foto do cadastrado transmitidos online para o banco do programa.

Os atendimentos de hoje foram direcionados a quem tem o número final do NIS 1. Uma equipe da Secretaria de Bem Estar Social atende das 8h às 13h no ginásio da Escola Zélia Correia do Ó.

A partir desta terça-feira (08) outra equipe estará realizando os cadastros no distrito de Mata Redonda.

“Hoje eu só tenho que agradecer a Deus por implantar em Alhandra esse importante programa de transferência de renda, idealizado por mim, e planejado pela secretária de Bem Estar Social, Fabiana Lins e sua equipe. Agradeço aos vereadores que aprovaram essa Lei, que contemplará inicialmente mil famílias que realmente precisam. Nosso objetivo é que esse auxílio beneficie 3 mil famílias até o final do nosso mandato. Então, o momento é de agradecimento. Tranquilizo a cada um, pois aqui não existirá nenhum tipo de politicagem, nenhum tipo de injustiça, o programa é uma Lei Municipal e temos que obedecer os critérios dessa lei. Fica aqui mais um compromisso de campanha honrado e continuarei trabalhando para cuidar dos que mais precisam”, afirmou Renato Mendes.

 

O atendimento aos interessados vai seguir um calendário para inscrições no programa com base no Número de Identificação Social (NIS). O ‘Mais Renda’, será coordenado pela Secretaria de Bem Estar Social e de acordo com a secretária Fabiana Lins, tem o objetivo de promover a inclusão social de famílias extremamente carentes e que estão em risco ou vulnerabilidade social.

Para se cadastrar é necessário os seguintes documentos: cópias do RG, CPF e comprovante de residência, declaração de tempo de acompanhamento da UBS (Unidade Básica de Saúde), além do NIS atualizado.

As famílias irão receber um atendimento multidisciplinar que engloba saúde, educação, qualificação profissional e o cartão “Mais Renda”, cujos valores serão depositados mensalmente, ficando a critério do Poder Executivo autorizar o aumento do número de beneficiários, conforme disponibilidade orçamentária.

Inicialmente, o programa ‘Mais Renda’ será implantado para beneficiar cerca de mil famílias carentes da cidade e terá características de um Bolsa Família onde as pessoas que terão a oportunidade de se cadastrarem devem estar inseridas na lista de espera do programa do Governo Federal ou no cadastro único para programas sociais (Cadúnico), serem atendidas ou acompanhadas pelos equipamentos públicos municipais de Assistência Social, residirem no município há pelo menos um ano, possuírem renda per capta de até 20% do salário mínimo, dentre outros itens exigidos pela Lei Municipal encaminhada pelo executivo e aprovada pelo poder legislativo alhandrense.

 

 

A Prefeitura Municipal de Alhandra divulgou o calendário para inscrições no programa social “Mais Renda”, com base no Número de Identificação Social (NIS). Considerado o maior programa de transferência de renda da história do município, o ‘Mais Renda’, Será coordenado pela Secretaria de Bem Estar Social e tem o objetivo, segundo o Governo Municipal, de promover a inclusão social de famílias extremamente carentes e que estão em risco ou vulnerabilidade social.

O cadastro será realizado a partir da próxima segunda-feira (07), das 08h às 13h, no Ginásio da escola Zélia Correia do Ó. Os interessados em se cadastrarem, devem comparecer munidos dos seguintes documentos: cópias do RG, CPF e comprovante de residência, declaração de tempo de acompanhamento da UBS (Unidade Básica de Saúde), além do NIS atualizado.

As famílias irão receber um atendimento multidisciplinar que engloba saúde, educação, qualificação profissional e o cartão “Mais Renda”, cujos valores serão depositados mensalmente, ficando a critério do Poder Executivo autorizar o aumento do número de beneficiários, conforme disponibilidade orçamentária.

Inicialmente o programa ‘Mais Renda’ será implantado para beneficiar cerca de mil famílias carentes da cidade e terá características de um Bolsa Família onde as pessoas que terão a oportunidade de se cadastrarem devem estar inseridas na lista de espera do programa do Governo Federal ou no cadastro único para programas sociais (Cadúnico), serem atendidas ou acompanhadas pelos equipamentos públicos municipais de Assistência Social, residirem no município há pelo menos um ano, possuírem renda per capta de até 20% do salário mínimo, dentre outros itens exigidos pela Lei Municipal encaminhada pelo executivo e aprovada pelo poder legislativo alhandrense.

 

 

  

O Estádio Municipal “O Pedrosão” está passando por um processo de revitalização. As ações são de iniciativa da Secretaria Municipal de Esportes, em parceria com a Secretaria de Infraestrutura.

O estádio está recebendo ações de melhorias pela segunda vez na atual gestão, em 2017 foram realizados diversos trabalhos que deram mais qualidade a estrutura, ao gramado e a iluminação.

Desta vez, o estádio recebe pintura, revisão hidráulica e elétrica, limpeza e a recuperação do gramado.

O secretário de esportes, Dinho Barbeiro comemorou a iniciativa de melhorar as condições do estádio para receber os desportistas e o grande público, destacando que “O Pedrosão” está ficando lindo e apto a receber grandes jogos.

O diretor de esportes Renildo Torres vem acompanhando os trabalhos e diz que essa é a missão da atual gestão, em disponibilizar um espaço otimizado à população.

Para o secretário de infraestrutura, o trabalho visa incentivar o esporte e dispor de mais conforto aos usuários. “Ao lado do prefeito Renato Mendes assumimos o compromisso com nosso povo de reconstruir nossa cidade e garantir que os trabalhos sejam executados com qualidade e comprometimento. Esse é o nosso dever”, concluiu Júnior Fernandes.

O prefeito de Alhandra Renato Mendes (DEM) anunciou nesta terça-feira (02), o inicio do cadastramento para o maior programa de distribuição de renda da história do município, o ‘Mais Renda’, com o objetivo, segundo o Governo Municipal, de promover a inclusão social de famílias extremamente carentes e que estão em risco ou vulnerabilidade social.

“Depois de todas as etapas burocráticas vencidas, é com muito prazer que, anunciamos neste início de ano, a partir do dia 07 de janeiro, o cadastramento do maior programa de distribuição de renda da história do nosso município para os que mais precisam, o Mais Renda, que será implantado através da secretaria de Bem Estar Social”, informou Renato Mendes.

O cadastro será realizado a partir da próxima segunda-feira (07), das 08h às 13h, no Ginásio da escola Zélia Correia do Ó. Os interessados em se cadastrarem, devem comparecer munidos dos seguintes documentos: cópias do RG, CPF e comprovante de residência, declaração de tempo de acompanhamento da UBS (Unidade Básica de Saúde), além do NIS atualizado.

As famílias irão receber um atendimento multidisciplinar que engloba saúde, educação, qualificação profissional e o cartão “Mais Renda”, cujos valores serão depositados mensalmente, ficando a critério do Poder Executivo autorizar o aumento do número de beneficiários, conforme disponibilidade orçamentária.

Inicialmente o programa ‘Mais Renda’ será implantado para beneficiar cerca de mil famílias carentes da cidade e terá características de um Bolsa Família onde as pessoas que terão a oportunidade de se cadastrarem devem estar inseridas na lista de espera do programa do Governo Federal ou no cadastro único para programas sociais (Cadúnico), serem atendidas ou acompanhadas pelos equipamentos públicos municipais de Assistência Social, residirem no município há pelo menos um ano, dentre outros itens exigidos pela Lei Municipal encaminhada pelo executivo e aprovada pelo poder legislativo alhandrense.

A secretária de Bem Estar Social, Fabiana Lins, destacou que “É uma grande honra poder efetivar o programa, e ajudar as centenas de famílias alhandrenses que realmente estão em vulnerabilidade social”. Ela pontuou ainda que todas as dúvidas da população podem ser esclarecidas durante o cadastramento que contará com uma grande equipe para atender todos os interessados.

Renato Mendes enfatizou que, com recursos próprios, o município terá uma espécie de Bolsa Família. “Tivemos a sensibilidade de olhar com mais atenção para as famílias que não foram contempladas pelo Bolsa Família nacional. Uma ação que reitera o nosso compromisso com a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida dos mais necessitados,” destacou o gestor.

O prefeito ainda destacou que pretende ampliar o número de pessoas que serão atendidas pelo ‘Mais Renda’. “Inicialmente serão mil famílias beneficiadas, mas quero ampliar esse número brevemente e ajudar um maior número de pessoas”, destacou.

A Prefeitura Municipal de Alhandra, por meio da Secretaria de Bem Estar Social, realizou nesta quinta-feira (29) uma confraternização para marcar o encerramento das atividades deste ano do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). Na ocasião, os quarenta participantes dos grupos de artesanato e oficinas de pizzas e penetones comemoraram a conclusão dos cursos.

A secretária municipal de Bem Estar Social, Fabiana Lins, ressaltou que as equipes do Cras e Creas conciliaram todos os trabalhos desenvolvidos durante o ano para mostrar os resultados que foram obtidos.

“Agradecemos a todos e todas que fazem parte do Cras e Creas de Alhandra, e que durante todo ano de 2018 cuidaram e contribuíram para o desenvolvimento da nossa população”, comentou.

Fabiana também destacou que o prefeito Renato Mendes objetiva para o próximo ano que a secretaria fortaleça ainda mais a parceria com as famílias e garanta uma participação ainda mais efetiva nas ações.